Entrada Recomendações

Recomendação N.º8/PE/2016 - Page 9

Recomendações do Provedor do Estudante
Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Indíce do artigo
Recomendações do Provedor do Estudante
Recomendação N.º1/PE/2010
Recomendação N.º2/PE/2010
Recomendação N.º3/PE/2010
Recomendação N.º4/PE/2011
Recomendação N.º5/PE/2011
Recomendação N.º6/PE/2011
Recomendação N.º7/PE/2011
Recomendação N.º8/PE/2016
Recomendação N.º9/PE/2016
Recomendação N.º10/PE/2016
Recomendação N.º11/PE/2016
Todas as páginas

Recomendação N.º8/PE/2016

 

Ao analisar o processo relativo a um aluno do Curso CCO, verificamos um conjunto de elementos relativos aos critérios que sustentam a avaliação escolar do respetivo aluno, sobre os quais importa refletir e que fundamentam, globalmente, a presente Recomendação. 

Nestes termos, a Provedoria do Estudante recomenda a todos os docentes uma particular atenção, no lançamento, em pauta, da avaliação sumativa, procurando que a mesma seja representativa de todos critérios que sustentam a dinâmica do processo avaliativo. 

Consideramos que a exposição e clarificação do processo avaliativo constitui, de facto, um elemento crítico, na credibilização da ação docente e, por consequência, da UMa. Assim, enfatizamos a importância de um cuidado acrescido e que, objetivamente, a classificação quantitativa absoluta, seja representativa do conjunto das diversas ponderações relativas do processo de avaliação.

Em face do exposto anteriormente, a Provedoria sugere aos docentes, que os resultados finais expostos e publicitados em pauta, correspondam literalmente, à possibilidade de transição ou retenção, na unidade curricular em causa.